quarta-feira, 15 de junho de 2016

15 de junho: 4 anos da carnificina de Curuguaty

Livro denuncia que massacre abriu caminho ao golpe no Paraguai


Lançamento do livro na livraria Martins Fontes da Paulista
Nesta quarta-feira, 15 de junho, completam-se quatro anos do massacre de Curuguaty, no Paraguai, onde morreram 17 pessoas - seis policiais e 11 camponeses – armação que abriu espaço à derrubada do presidente Fernando Lugo uma semana depois. O “confronto” envolveu 324 policiais, tropas de elite treinadas pela CIA e pelo exército dos EUA fortemente armadas com fuzis, bombas de gás, capacetes, escudos, cavalos e até helicóptero e 60 trabalhadores sem-terra, metade deles mulheres, crianças e anciãos.