terça-feira, 15 de agosto de 2017

Anti-imperialismo: Bolívia comemora o Cinquentenário da luta heróica do Che

Com a presença de Evo Morales, cidade de Vallegrande sediará jornada internacional de 4 a 9 de outubro
 A cidade de Vallegrande, na Bolívia, sediará entre os dias 4 e 9 de outubro uma jornada internacional anti-imperialista com debates, apresentações musicais e documentários para relembrar os 50 anos do desaparecimento físico de Ernesto Che Guevara, que travou na região seu último combate. Capturado, o guerrilheiro heroico foi executado clandestinamente pelo Exército boliviano com a colaboração da CIA.

Composto por inúmeras personalidades e movimentos, o Comitê Internacional da Comemoração do Cinquentenário da Presença do Che na Bolívia pretende resgatar a importância do Che “para o desenvolvimento da consciência dos nossos povos”, fortalecendo “o debate de ideias contra o sistema de exploração e opressão capitalista-imperialista que hoje, com maior profundidade ainda, avassala os nossos povos”.

De acordo com os organizadores, o presidente Evo Morales será o orador central da atividade do dia 9, que reunirá vários presidentes e ex-presidentes latino-americanos.