quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Paraguai: gravações comprovam uso do Ministério do Interior para roubar

O golpista Federico Franco nomeou Carmelo Caballero
Carmelo Caballero usou e abusou do Ministério para ocultar provas que levariam à absolvição dos camponeses de Curuguaty
Leonardo Wexell Severo
Escandaloso tráfico de influências, acertos extrajudiciais e manipulação da Justiça em favor de interesses políticos e econômicos de grupos privados sintonizados com Horacio Cartes, presidente do Paraguai. Estes são alguns dos crimes praticados contra o interesse da nação guarani, comprovados por recentes gravações que ecoam a servidão e a completa falta de caráter do ex-ministro do Interior golpista, advogado Carmelo Caballero.